Comprar imóvel ou alugar

Aposto que muitos de vocês já se fizeram esta pergunta: comprar ou alugar o imóvel? 

Descapitalizar uma parte dos investimentos e imobilizar em um imóvel ou manter a grana aplicada e com liquidez? 
Ou meter a cara em um mega financiamento de 20/30 anos? 

A questão não é simples de responder pois envolve diversas variáveis.... se vai comprar o imóvel à vista, se vai fazer empréstimo, se vai financiar direto com a construtora, se é um imóvel na planta, se tem previsão de receber uma grana extra para quitar eventual empréstimo, dentre outros. 

Sites úteis mercado americano


E aí pessoal, decidi fazer o post de hoje para auxiliar todos que pretendem investir no mercado americano e estão com dificuldade para achar algumas informações básicas.

O objetivo é fazer a uma analogia aos sites brasileiros a fim de facilitar a vida de quem quer começar a investir nos EUA e não sabe por onde começar.

Para começar, o primeiro passo é procurar uma corretora e abrir a conta.

Nesse post e nesse post você pode ver como fazer isso.

Beleza, escolhi a corretora, abri a conta, mandei o dinheiro... e agora?

Sobre cisnes negros

Cisnes negros no mercado financeiro


Cisnes negros, conforme Nassim Taleb, são eventos imprevisíveis e inesperados e que causam um grande impacto econômico. 

Quando ocorrem no mercado financeiro ocasionam distorções extremas nos preços e podem gerar uma oportunidade de lucro exorbitante, como também podem trazer um prejuízo inimaginável.

Ontem, um cisne negro aconteceu no mercado de moedas digitais. 

Estratégia investimento exterior

Fala galera!

Hoje vou falar um pouco acerca da minha estratégia de investimento no exterior.

No início desse ano decidi abrir a conta em uma corretora americana nos EUA. Isso permitiria diversificar meu portfólio de investimentos e ter uma reserva em moeda estrangeira. Sem falar no fato de ter acesso a milhares de títulos para investimentos e poder investir nas maiores e melhores empresas do mundo.

Em um primeiro momento a ideia era mandar um valor para fazer trades curtos e médio prazo, a fim de alavancar o capital lá alocado. 

Todavia, o tempo, ou melhor, a falta dele, não tem permitido acompanhar o mercado americano diariamente. Fazer trade então, seria um luxo.

Dessa forma, e considerando que o capital lá investido não será retirado antes de um prazo de 15 a 20 anos, bem como, pretendo fazer aportes de valores de forma trimestral ou semestral, repensei meus objetivos e adotei uma estratégia de 10/20/70 para alocação do capital.

Carteira virtual - seguindo os fundos

Fala galera! 

No primeiro post que fiz a fim de acompanhar a carteira dos fundos de investimentos surgiu uma sugestão pelo Investidor Internacional: "Seria interessante montar uma carteira com as posições mais relevantes dos melhores fundos e ver se ela bate o Ibovespa.".


Achei interessante a sugestão e resolvi montar uma carteira virtual com as posições mais relevantes de cada fundo. 

Para isso, separei, basicamente, as duas maiores posições de cada fundo (com exceção do Fundo Banrisul, cujas posições são em papéis de baixa liquidez) para integrar a carteira virtual e assim fazer um acompanhamento mensal.

Para fazer esse acompanhamento, utilizei uma ferramenta bem interessante oferecida pelo Google. Trata-se do Google Finance que oferece a opção de criar um portfólio através do Google Finance (https://www.google.com/finance/portfolio). Além disso, o Google Finance é uma excelente ferramenta para trazer dados e auxiliar na análise de ações. 

Portfólios dos fundos de investimento - MAIO


Portfólios dos fundos de investimento - MAIO


E aí pessoal, dando continuidade ao post anterior, fiz o levantamento da última atualização dos fundos que resolvi acompanhar a fim de ter uma noção em empresas os respectivos gestores estão aplicando o dinheiro de seus clientes.


As informações foram compiladas a partir dos dados divulgados a partir do site da CVM em http://sistemas.cvm.gov.br/?fundosreg, link composição da carteira. (aliás, para quem quiser ver o portfólio de algum fundo em específico é só seguir o caminho acima).


Segue abaixo a tabela com os dados mais recentes: 


Estratégias alocação do patrimônio


Há algum tempo eu decidi adotar uma estratégia de diversificação do patrimônio. Essa ideia de alocação do patrimônio surgiu com o intuito de minimar riscos e potencializar ganhos.

No meu caso era algo que eu precisava trabalhar, pois estava totalmente exposto na renda variável e precisava diversificar para mitigar os riscos.

A questão é que existem inúmeras maneiras de diversificar os investimentos: ações, FIIs, CDB, LCI, LCA, fundos, títulos, debêntures, ouro, dólar, Bitcoin, poupança, e por aí vai.

REITS COM PAGAMENTO MENSAL

E aí pessoal!  

Que tal investir em imóveis nos EUA? 

Com os REITs isso é possível. Assim como investir em FIIs no Brasil, nos EUA, investir em REITs é sinônimo de investir em fundos imobiliários. 

Para quem quiser aprender um pouco mais sobre REITs vale a pena ler este excelente artigo do VdD: http://viverdedividendos.org/apresentando-o-mercado-de-reits/.

Só que para investir em REITs é necessário ter uma conta em uma corretora americana. 

Nest post eu falo como escolher uma corretora nos EUA. E neste aqui eu falo sobre o processo de abertura de conta na OptionsXpress, corretora que eu escolhi.

Voltando aos REITs... como é a frequência de pagamento dos dividendos? 

Normalmente, os dividendos são pagos de forma trimestral. 

Todavia, há alguns REITs que fazem o pagamento de forma mensal, o que facilita para o investidor que quer incrementar sua renda passiva mensal. 

Portfólios dos fundos de investimento


E aí pessoal, tudo tranquilo? 

Com essa instabilidade política em nosso país está bem difícil definir uma estratégia de investimento a longo prazo em ações, pelo menos para mim. 

Tenho mantido uma carteira de longo prazo apenas no exterior, mas aqui no Brasil liquidei minhas posições há alguns meses e tenho feito apenas day trades e swing trades. 

Pensando em estudar empresas para uma futura montagem de carteira, resolvi passar a acompanhar alguns dos fundos mais rentáveis e analisar a estratégia de alocação do portfólio deles e em quais empresas estão investindo ou desinvestindo.

O acompanhamento será feito a partir dos dados divulgados a partir do site da CVM em http://sistemas.cvm.gov.br/?fundosreg, link composição da carteira. (aliás, para quem quiser ver o portfólio de algum fundo em específico é só seguir o caminha acima).

Saúde financeira da sua corretora

E aí galera!

Vocês já pararam para analisar como está a saúde financeira da corretora que seus investimentos estão custodiados?

Muitos podem não estar nem aí para isso, pois tem o FGC e o MRP

Todavia, a burocracia e a demora para reaver seu patrimônio é muito grande. 

Recentemente o Banco Central decretou a liquidação extrajudicial da corretora TOV. Imaginem a dor de cabeça de quem tinha investimentos lá. 

Cashback - seu dinheiro de volta?


Você já ouviu falar de cashback? 


Se não ouviu falar e nem tem familiaridade com esse assunto vou dar uma palhinha e comentar acerca de um aplicativo que baixei recentemente. 


Cashback resume-se a ter um retorno do seu dinheiro quando você faz compras. Isso mesmo, você efetua uma compra e um percentual do valor gasto retorna para o seu bolso. 

Para isso ocorrer, até um tempo atrás, era necessário adquirir um cartão cashback. No fim, fazendo as contas de quanto você gasta e tal, pode até compensar ter um cartão desses. 

Todavia, se você já é adepto de uma vida frugal e os gastos são limitados e seguem uma linha descendente, o valor que retorna pode não compensar em função da anuidade que normalmente é cobrada pelo cartão de crédito.

Abaixo você encontra os posts mais recentes da blogosfera financeira