Certificações na área de finanças

Fonte: http://www.anbima.com.br
Fala pessoal! 

E aí, como andam os estudos? Alguém aí pensando em tirar uma certificação na área financeira? 
  
Vi um post do Galo Milhonário no qual ele contou que está na saga de tirar o CFP, algo que poucos brasileiros conseguiram. 

Mas que diabos seria isso? 

O CFP é uma das diversas certificações existentes para quem deseja atuar no ramo das finanças. Claro que muitos daqui não pretendem gerir recursos de terceiros e tal, mas acredito que seja algo para avaliar, pois algumas dessas certificações podem abrir muitas portas. 



No passado, eu tinha a certificação CPA da Anbima, mas como deixei de trabalhar no ramo financeiro a certificação expirou e eu não renovei. Como um dos meus objetivos caso atinja a independência financeira é aprofundar os estudos no ramo das finanças e dedicar-me mais ao ramo financeiro, talvez estudar e tirar uma certificação seja uma ideia interessante para atuar em algo que gosto. 

Aliás, conforme pesquisa aqui no blog, na data de hoje, 37% dos que responderam a pesquisa também se dedicariam ao mercado financeiro e a seus investimentos. Quem sabe tirar uma certificação não seja uma boa opção?!

Mas quantas certificações existem? 


Depois de ler o post do nosso colega resolvi dar uma pesquisada para me atualizar, pois faz muito tempo que não estudava esse assunto. Assim, resolvi compilar e compartilhar aqui no blog. 

Bom, são diversas as opções de certificação disponíveis atualmente, todas voltadas para atuação no ramo financeiro. Algumas delas, inclusive, são certificações internacionais exigidas para trabalhar nos maiores conglomerados financeiras do planeta. 

Vou listar as principais que encontrei em minha pesquisa:


AAI - Agente Autonômo de Investimentos
Realizado pela Ancord é obrigatório para quem deseja exercer o cargo de Agente Autonômo de Investimentos. 
A certificação se destina aos interessados no exercício da atividade de Agente Autônomo de Investimento, bem como dos empregados das instituições financeiras e demais instituições autorizadas a funcionar pelo Banco Central do Brasil. 
Essa pessoa é quem vai realizar, sob a responsabilidade e como preposto de instituição integrante do sistema de distribuição de valores, as atividades de prospecção e captação de clientes; recepção, registro, e transmissão de ordens; prestação de informações sobre produtos oferecidos e serviços prestados pela instituição integrante do sistema de distribuição de valores mobiliários pela qual tenha sido contratado, bem como para empregados de instituições financeiras com atividade de distribuição de títulos e valores mobiliários.

CPA-10
A CPA-10 (Certificação Profissional ANBIMA - Série 10) certifica profissionais que atuam na prospecção ou venda de produtos de investimento diretamente para o público, em agências bancárias ou plataformas de atendimento. 

CPA-20 
A CPA-20 (Certificação Profissional ANBIMA - Série 20) certifica profissionais que atuam na venda de produtos de investimento ou na manutenção de carteiras nos segmentos varejo alta renda, private banking, corporate e investidores institucionais, em agências bancárias ou plataformas de atendimento.

CEA 
A CEA (Certificação de Especialista em Investimentos ANBIMA) certifica profissionais que assessoram os gerentes de contas de investidores pessoas físicas em investimentos, podendo indicar produtos de investimento. Ao obter a CEA, o profissional pode, automaticamente, exercer as atividades abrangidas pela CPA-10 e pela CPA-20.

CGA
A CGA (Certificação de Gestores ANBIMA) certifica os profissionais que atuam na gestão de recursos de terceiros, com poder para tomar decisões de investimento. 
A atividade de gestão pode ser realizada por meio de veículos coletivos de investimento, como fundos e clubes de investimento, ou individualmente, via carteiras administradas. Fonte: http://www.anbima.com.br/pt_br/educar/certificacoes/cga.htm

CNPI
O CNPI - Certificado Nacional do Profissional de Investimento é obrigatório para exercer a função de Analista de Valores Mobiliários. 
Ele também se destina a todos os profissionais com nível superior completo em qualquer área e com interesse em se desenvolver no mercado financeiro e de capitais.  A certificação está dividida em três categorias: CNPI para o analista fundamentalista, CNPI-T para o analista técnico e CNPI-P para o analista pleno (fundamentalista e técnico). 


CIIA - Certificação Internacional
O Programa CIIA é uma qualificação reconhecida internacionalmente para profissionais que atuam nos mercados financeiro e de capitais. 
A obtenção do diploma CIIA - Certified International Investment Analyst confere ao profissional a certificação de um elevado padrão de conhecimento essencial para a atuação na área de investimentos, local ou internacional. 
Para obter a certificação CIIA, além de já possuir o CNPI, o profissional deve ser aprovado em 4 exames: dois exames de múltipla escolha - CG2 e CG3 - e dois exames contendo questões relativas a estudo de casos, para interpretação detalhada as quais avaliarão um conhecimento avançado do candidato - Final 1 e Final 2. 
Fonte: http://www.apimec.com.br/Apimec/show.aspx?id_canal=1452&id_materia=10705

CFP 
O profissional CFP® avalia os objetivos, expectativas e necessidades de cada cliente visando desenvolver, apresentar e executar estratégias de planejamento financeiro adequadas ao perfil do cliente. 
A fim de atender ao padrão mundial de certificação tem que ter domínio dos seguintes tópicos: Planejamento Financeiro, Gestão de Ativos e Investimentos, Planejamento de Aposentadoria, Gestão de Riscos e Seguros, Planejamento Fiscal e Planejamento Sucessório. 
Ele deve ser capaz de avaliar as expectativas e necessidades de cada cliente, fornecendo a melhor orientação na escolha de opções para investir seus recursos ou pagar suas dívidas. 
Por ser multiespecialista, este profissional pode atuar como autônomo ou empregado de grupos financeiros, seguradoras, entidades de previdência complementar e demais áreas do planejamento financeiro pessoal.
No Brasil, são aproximadamente 3000 profissionais qualificados. Número muito aquém dos EUA, que já passa de 76000 CFPs. (Fonte: https://www.planejar.org.br/noticias/cresce-o-numero-de-profissionais-com-certificacao-cfp-no-brasil/)

CQF
O Certificate in Quantitative Finance (CQF) é uma qualificação mundial criada para profissionais estabelecidos e aspirantes em derivativos, TI, negociação quantitativa, seguros ou gestão de riscos.  A certificação habilita profissionais a atuar junto área de TI, gestor de fundos, gestor de risco, consultor de derivativos, negociação quantitativa ou seguros.

CMT 
O CMT - Chartered Market Technician é um certificado emitido pela CMT Association e trata-se de uma designação global para analistas técnicos reconhecida pela FINRA.

FRM - Financial Risk Manager
Voltado para atuação na área de risco. O certificado por esse programa vai poder atuar na área de gerenciamento de risco como Chief Risk Officer, Senior Risk Analyst, Head of Operational Risk Director, Investment Risk Management, dentre outros. As maiores companhias que mais empregam FRMs são IBC, Bank Of China, HSBC, Agricultural Bank of China, Citigroup, KPMG, Deutsche Bank, Credit Suisse, UBS, PwC.
https://www.garp.org/#!/frm


CFA - Chartered Financial Analyst
Com aproximadamente 800 certificados no Brasil, a CFA é uma das mais respeitadas no mundo das finanças e investimentos pois significa que seu detentor tem um conhecimento incomparável do mercado financeiro e é voltada para as seguintes áreas de atuação: CEO/Presidente, CFO, Analista de Renda Variável, Analista de Renda Fixa, Consultor de Investimentos, Gerente de Investimentos, Gestor de Carteiras, Estrategista de Carteiras, Profissional de Vendas/Marketing.

São tantas opções que chega a ser difícil escolher. Acredito que obter uma certificação é importante não só para abrir novas portas no mercado, como também uma forma de estudar e manter-se atualizado. 

É isso aí, um abraço!



10 comentários:

  1. Como eu digo... Conhecimento nunca é de mais!

    Espero que consiga voltar aos estudos o quanto antes, assim conseguirá adquirir ferramentas e uma sofisticação maior em seus investimentos mitigando os riscos e consequentemente melhorando seus ganhos. Além de conseguir uma maior segurança, melhorando sua qualidade de vida.

    Abraço e bons investimentos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É isso aí Galo, sem estudo não há como melhorar os rendimentos, isso é fato. Abraço!

      Excluir
  2. Uma possível ocupação pra mim depois da IF seria algo no mercado financeiro, como trabalhador autonomo. Suponho que o CFP seja o mais indicado. Como sao muitas opcoes tambem temos que pesar o custo da certificacao e renovações. Obrigado por esse post.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala Vagabundo. O CFP seria uma baita certificação, CFA também. Mas para iniciar e conseguir uma alocação dá para começar tirando AAI ou CNPI. Abraço!

      Excluir
  3. São muitas certificações, é preciso muito estudo, tem algumas super difíceis para cargos bem altos e bem remunerados, para além de trabalhar numa coisa bem interessante

    Geralmente as pessoas começam pelo CPA-10 depois CPA-20 depois vão por ai fora...ate ao máximo que conseguirem...

    Abraço e bons estudos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade DIL. As CPAs seriam a porta de entrada das certificações, mas são mais voltadas para o pessoa que trabalha em Banco de varejo e tal. Para quem quer entrar no mercado financeiro propriamente dito tem que estudar um pouquinho mais hehehe. Abraço!

      Excluir
  4. Posso me juntar e este grupo?

    Segue link do meu blog

    https://senhorbufunfa.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Fala Finansfera, venho pesquisando a possibilidade de tirar alguma certificação, em especial para abertura de portas para novos cargos e melhorar com isso o aporte e para também melhorar minhas análises e aumentar meus conhecimentos, quem sabe eu não enverede por esse caminho apos a conclusão de minha graduação.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É uma boa opção para buscar especialização na área de finanças. Hoje no Brasil, se formos analisar o % de profissionais certificados é muito baixo, o que pode ajudar a alcançar um bom cargo. Abraço

      Excluir

Comente aqui.

Abaixo você encontra os posts mais recentes da blogosfera financeira